Por que não pode falar preço da cirurgia plástica?

Por que não pode falar preço da cirurgia plástica?

De acordo com o Conselho Federal de Medicina (CFM) e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) esta é uma prática não permitida.

A Resolução Nº 1.836/2008 do CFM esclarece que o que levou à proibição dessa divulgação foi a prática antiética de alguns cirurgiões plásticos que até colocava em risco a saúde dos pacientes. Isso significa que o paciente investia no procedimento sem saber se era, de fato, indicado a ele. E se algo impedisse que o procedimento fosse feito, era muito difícil reaver o dinheiro.

Portanto, somente após uma consulta presencial com o cirurgião plástico, é que ele poderá avaliar e indicar com precisão o procedimento mais adequado de acordo com o caso do paciente.

Abaixo seguem alguns critérios que envolvem um bom planejamento para a realização de uma cirurgia plástica.

Marque uma consulta com seu cirurgião plástico de confiança

É apenas através do diálogo com o profissional que você descobrirá como o procedimento pode corrigir os seus incômodos, tendo em vista que os resultados são diferentes em cada indivíduo. Por isso, o cirurgião plástico deve fazer uma avaliação.

Além disso,  o cirurgião plástico é o único que pode sanar todas as suas dúvidas e receios, como se você pode optar pela cirurgia plástica de forma imediata ou se você precisa aguardar um pouco mais. Por exemplo, muitas mulheres que já são mães não podem se ausentar da rotina de levar e buscar os filhos na escola, por isso, optam pela cirurgia plástica durante o período de férias escolares.

Portanto, é na consulta presencial com o cirurgião que o paciente poderá fazer todas as perguntas sobre o procedimento e também esclarecer sobre todos os custos que envolvem uma cirurgia. E logo, terá mais condições de se planejar melhor para o procedimento cirúrgico.

Quer saber quais são os custos que envolvem uma cirurgia plástica?

Uma cirurgia plástica envolve quais custos?

Abaixo seguem alguns fatores que devemos considerar sobre o preço da cirurgia plástica:

  • Honorários do cirurgião plástico;
  • Gastos com hospital ou centro cirúrgico;
  • Honorários do anestesista;
  • Equipe de enfermeiros;
  • Gastos com medicamentos;
  • Exames médicos;
  • Tratamento com fisioterapeuta no período do pós-operatório;
  • Outros (malhas pós-operatórias, próteses de silicone, sutiã cirúrgico, dentre outros).

Sobretudo, é importante se atentar a todas as recomendações que seu cirurgião plástico irá passar no período pré e pós-operatório.

Preço da cirurgia plástica – Cuidado com promessas milagrosas!

Na ansiedade de fazer uma cirurgia plástica, muitas pessoas recorrem a profissionais não habilitados que prometem baixos custos. Contudo, a satisfação com o resultado vale muito mais do que o investimento em dinheiro.

Por isso, sempre pesquise sobre o currículo do seu cirurgião, veja a reputação dele nas redes sociais, quais são os depoimentos das pacientes e ainda confirme se ele é membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP).

Pense sempre que, o barato pode sair caro!

Preço da cirurgia plástica – A importância do planejamento financeiro

O planejamento financeiro é a melhor forma da pessoa se organizar para realizar seu grande sonho que é fazer uma cirurgia plástica.

As cirurgias com fins estéticos não são de urgência, portanto é possível reservar um valor com calma e com responsabilidade financeira para que tudo ocorra da melhor forma.

Após a consulta presencial com o cirurgião plástico e já sabendo o preço da cirurgia plástica, o paciente terá mais condições de se preparar e se organizar visando resultados positivos e satisfação após a realização do procedimento.